Style Sampler

Layout Style

Patterns for Boxed Mode

Backgrounds for Boxed Mode

All fields are required.

Close Appointment form

Bioplastia. Cuidado com promessas milagrosas!

  • Home
  • Bioplastia. Cuidado com promessas milagrosas!
Bioplastia. Cuidado com promessas milagrosas!
icon
Bioplastia. Cuidado com promessas milagrosas!

Sem comentários

Olá pessoal! Hoje vamos falar da Bioplastia.
Em virtude de alguns acontecimentos recentes, muita gente tem pedido mais informações a respeito deste tratamento.
Pois bem! Vamos lá então!
Muitas pessoas tem vontade de modificar a forma e o formato do corpo, às vezes retirando volume de certos lugares, outras vezes colocando mais volume em outros.
A busca por um preenchimento ideal vem de longa data!
Mas este preenchimento deve ser biocompatível, (para que o corpo não rejeite o material a ser injetado no corpo),  duradouro e de custo acessível.
Analisando todos os ângulos e características, o melhor sem dúvidas é a lipoenxertia, procedimento realizado com gordura do próprio paciente, sendo retirada de um local e colocada em outros, tanto na face quanto no corpo. Porém acaba sendo um procedimento de maior porte, pois precisa anestesiar e retirar/lipoaspirar a gordura de um local, prepará-la e injetá-la na área desejada. Também envolve um processo de recuperação maior e maiores também são os custos envolvidos para realização deste procedimento com responsabilidade e segurança para o paciente. Pois a segurança vem sempre em primeiro lugar!  
Já para a face o preenchimento com ácido hialurônico veio para facilitar este processo, porém na parte corporal, devido a grande quantidade necessária,  acaba não sendo viável financeiramente.

Pmma -polimetilmetacrilato o que é? Por que ele caiu no gosto popular?

Sendo assim, no vácuo gerado por esta falta de alternativa (pelo alto custo do ácido hialurônico e do procedimento cirúrgico) surgiu a bioplastia, uma técnica que usa o  Pmma -polimetilmetacrilato, uma espécie de plástico em pequenas esferas, com a promessa de resultados definitivos, sem a necessidade de procedimentos cirúrgicos e sem complicações,  atrelado ainda ao baixíssimo custo do produto quando comparado ao ácido hialurônico, chegando a custar 2 a 3% do valor do ácido por ml, ou seja, mais de 30 vezes menos!
O que é mais atrativo por ser muito mais barato que o ácido hialurônico e definitivo! Ao contrário do ácido que é absorvido em 1 há 3 anos….Maravilha certo!? Mas infelizmente a realidade é outra!

Este produto é liberado pela anvisa para situações muito específicas, em pequenas quantidades,  mas acabou havendo um uso completamente equivocado do produto.
Na verdade a bioplastia passa a ser uma bomba relógio, pois além das complicações imediatas como embolia e necrose (que não são exclusivas da bioplastia,  podendo ocorrer também com outros preenchimentos), justamente sua longa permanência está associada a outras complicações.
Na face por exemplo, uma primeira aplicação fica bom, uma segunda também pode até ficar, mas o “benefício” da durabilidade começa a virar um problema, pois o processo de envelhecimento é dinâmico, e novas alterações da idade vão surgindo, e o produto vai se acumulando e levando a deformações faciais não vista com o ácido  hialurônico, justamente por ser temporário absorvível com o tempo.
Outras complicações como a formação de nódulos, granulomas, reações de hipersensibilidade com inflamação  dos gânglios do pescoço em uma simples virose, deslocamento para outras áreas não desejadas, são apenas alguns exemplos dos muitos problemas que já tivemos a oportunidade de acompanhar no nosso consultório.

O pior de tudo que tratar estas complicações são muito difíceis, pois o PMMA fica misturado com as próprias estruturas dos pacientes, entra nos músculos,  na gordura, englobando vasos e nervos, e normalmente a retirada em casos de complicações, precisa retirar o produto junto com os tecidos, podendo deixar sequelas irreversíveis.
E em cima de todos estes problemas, mesmo em pequenas quantidades, vem o abuso do uso em enormes quantidades para remodelamento glúteos, gerando sequelas gravíssimas que há tempos vem sendo divulgadas, com veto da SBCP para uso dessa substância desde 2013, mas infelizmente muitos profissionais desrespeitam, maioria sem nenhuma qualificação profissional, conquistam pacientes ludibriados pelo milagre do resultado da cirurgia sem cirurgia.

Se você já fez, por não ter tido a oportunidade da informação a tempo, e se está apresentado alguma das complicações relatadas, busque um Cirurgião Plástico da SBCP para receber as orientações necessárias.

Portanto fica o alerta: não faça,  não permita que familiares ou amigos caiam nesse conto.
Gravamos também um vídeo sobre esse assunto. Clique na imagem abaixo!



Até a próxima pessoal!

 

  • COMPARTILHAR ISSO

Sobre o autor

Postagens relacionadas

Envie um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Leave a Reply

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>